livros

Livro - Quero ser Beth Levitt

sexta-feira, junho 10, 2016


Título: Quero ser Beth Sevitt 
Nº de páginas: 544
Autor(a): Samanta Holtz
Ano de lançamento: 2013 
Amelie Wood perdeu os pais aos doze anos e, desde então, vive em um abrigo de meninas. Com a chegada do seu décimo oitavo aniversário, ela vive agora o temido e esperado momento de deixar o lugar que a acolheu por toda a adolescência para enfrentar o mundo em busca dos seus sonhos. Seu bem mais precioso é o velho exemplar do romance que sua mãe lia para ela, na infância. "Doce Acaso" contava a história de Beth Levitt, uma jovem que, como ela, amava o balé e tinha a vida transformada ao conhecer o príncipe Edward. Amie suspira ao reler incansavelmente aquelas páginas, imaginando quando o príncipe da vida real baterá em sua porta... Por isso, ao soprar as velas, não tem dúvida quanto ao seu pedido: "Quero ser Beth Levitt!". Através de grandes coincidências e uma trajetória que ela jamais imaginaria, Amie se vê, de repente, no fascinante mundo do cinema, cara a cara com o príncipe mais lindo que sonharia encontrar e lutando para se esquivar da maldade de muita gente invejosa, contando, para isso, com sua melhor arma: um coração puro.

Amelie Wood é uma garota que teve a vida marcada por várias tragédias. Morando em um orfanato desde que sua mãe faleceu,quando completa 18 anos,ela tem que sair do orfanato em que vivera desde os doze anos de idade. 

Ela retorna a sua antiga casa, na qual viveu com os pais durante a infância, e decide procurar um emprego para poder sobreviver. Entretanto, por diversos motivos e confusões, ela acaba no teste para participar do filme de seu livro favorito, Doce Acaso, contracenando com Chris Martin, galã de cinema e seu ator favorito, paixonite de sua adolescência. 

Amia é extremamente ligada ao livro preferido da sua mãe “Doce Acaso” um romance que ela carrega na bolsa para todos os lugares, e sempre que se sente sozinha ou com medo, é a ele que ela recorre, e são aquelas palavras de conforto que trazem uma calma pra ela.

Mergulhamos num mundo de ensaios, aula de teatro, de expressão corporal, de dança e de toda uma realidade desconhecida e empolgante, mas que ao contrário do que pensamos, a vida no cinema não é um sonho, existem muitas responsabilidades e pouco tempo para passar com quem amamos.

A história é tão envolvente que as 543 páginas passam tão rapidamente, que até parecem 100. Em relação à edição, não tenho o que reclamar. Tudo é perfeito, a capa é magnífica e nos passa exatamente o que encontraremos no livro.

Uma das coisas que mais gostei, foi que antes de cada capítulo, temos a figura de uma sapatilha e um pequeno trecho do que encontraremos no mesmo. Isso deu um complemento ao livro. Além de tudo a autora escreve tão maravilhosamente bem, que você acaba imaginando a história como um filme em sua mente.

Eu amei! Eu fiquei feliz, fiquei angustiada, dei risadas, adentrei na atmosfera de suspense, me apaixonei e, principalmente, chorei muito com o fim desse livro.

É realmente encantador! Recomendo para todos e, uma coisa é certa, vocês não irão se arrepender! Quando li esse livro eu tive certeza de quê : Eu quero ser Amelie Wood. Eu quero ser feliz!


livros

Livro - Corte de Espinhos e Rosas

quinta-feira, junho 09, 2016



Título: Corte de Espinhos e Rosas
Nº de páginas: 433
Autor(a): Sarah J. Maas
Ano de lançamento: 2015~
Editora: Galera Record

Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... ou Tamlin e seu povo estarão condenados.


Corte de Espinhos e Rosas é SURPREENDENTE. Tudo está muito longe de ser previsível. No livro, conhecemos Feyre e um mundo onde fadas existem, mas esses dois mundos não se deram muito bem, então foram separados por uma muralha. 


Feyre é uma garota normal que não leva uma vida normal. Aos dezenove anos, precisa cuidar de seu pai e de suas duas irmãs. É Feyre quem garante o sustento da família e por eles, ela se arrisca na floresta. Em uma de suas caçadas, Feyre acaba matando um lobo sem saber que na verdade era um feérico em outra forma. 

O mundo das fadas, Prythian, onde tudo parece ser mortal para humanos, é dividido em cortes nomeadas com o nome das estações do ano, e em cada uma delas há um lorde supremo, um Grão- Senhor Feérico. E é Tamlin, da corte Primaveril que vem atrás de Feyre para questioná-la e puni-la pela morte do lobo, seu amigo Andras. Segundo um tratado do seu povo, ele dá a ela a escolha entre morrer ou viver com ele em sua corte.

Feyre é uma personagem fácil de se apegar. Ela é forte, tem personalidade, mas também possui seus momentos de fraqueza e dúvidas. Sua garra e determinação para manter sua promessa para a mãe são de deixar qualquer um orgulhoso. Ela é muito madura, sabe o que quer, mas também nos permite alguns momentos de descontração e leveza.

Eu conseguia imaginar cada pessoa, ser, ambiente e tempo que faziam parte da jornada de Feyre graças a e escrita da autora, que ajudou demais para que sentíssemos uma conexão com a protagonista.

"Eu vou avisar você uma vez" - Tamlin disse calmamente - Apenas uma e é sobre você humana. Eu não ligo se você viver em qualquer lugar em Prythian. Mas se você  atravessar o muro, se você fugir, sua família não será mais cuidada"

 Amor, aventura, suspense e fantasia se encontram em Corte de Espinhos e Rosas e te levam para um mundo totalmente novo que é difícil de abandonar. Terminei a leitura com vontade de começar novamente e de conversar com alguém a respeito Sarah J. Maas me surpreendeu muito positivamente e me fez querer voltar a ler fantasia como há muito não acontecia.

 O final do livro é incrível, emocionante! Te deixa estérica e é impossível conter as lágrimas! porém, estou curiosa para descobrir o que a Sarah nos preparou. Com certeza ela planeja um desenrolar extraordinário! Para mim, sem dúvidas, Corte de Espinhos e Rosas é ainda melhor que a série Trono de Vidro;

Receba atualizações por E-mail: